Umbanda – Religião do Terceiro Milênio

O Instituto Mata Verde convida  todos os irmãos umbandistas para uma reflexão mais aprofundada sobre a Umbanda, sua natureza e seus fins.

Os amigos já devem ter notado que, na página principal do site, incluímos a frase “Um Novo olhar sobre a Vida” e poderíamos também dizer “Um Novo Olhar sobre a Umbanda”, este é o sentimento que possuímos, neste momento, como umbandista.

Queremos sugerir a todos que façam uma reflexão sobre este assunto, reflitam sobre a Umbanda, sobre a finalidade da umbanda, sobre a finalidade da vida humana, sobre nossa existência, sobre a importância do planeta Terra e sobre o que estamos fazendo aqui e agora.

Na Umbanda cultuamos forças espirituais vinculadas a natureza e qual é nossa relação com a natureza?

Quais nossos cuidados com a mãe Terra?

Quais os nossos compromissos com o planeta e com os demais habitantes deste orbe.

Quais os compromissos e comprometimentos com as demais pessoas que convivem conosco neste tempo e espaço.

Quais os nossos compromissos e cuidados com a vida existente no planeta?

Embora o conhecimento científico, esteja sendo compartilhado de forma acelerada e rápida, através das redes sociais, observamos que o ser humano ainda continua muito pequeno em sua visão do mundo e universo.

De suas relações intrínsecas com a vida do planeta.

As pessoas, de uma maneira geral, se apequenaram nos valores morais e éticos.

O fanatismo, o orgulho e o egoísmo parecem dominar os diálogos (na realidade monólogos) nas redes sociais e fora delas também.

Muitas pessoas ficaram vítimas destas forças invisíveis que são as redes sociais, muitas estão presas e cegas nas bolhas sociais criadas artificialmente pelos algoritmos que controlam estas redes.

 

Viver se transformou em sinônimo de ser escravo do consumo.

As pessoas buscam a felicidade, iludidas que serão felizes através do consumo dos bens materiais, mas nunca encontram a tão almejada felicidade. Muitas se vangloriam de ter matado Deus, são ateístas, dizem não precisar de Deus e de qualquer força espiritual.

Normalmente encontram o estresse, a ansiedade e a depressão.

Consumir e possuir parecem ser a única finalidade da vida.

Um consumismo desenfreado e neurótico.

Uma vida sem um sentido maior, que leva muitas vezes os jovens ao desequilíbrio psíquico, ao desespero, a depressão e muitas vezes ao suicídio.

A OMS — Organização Mundial da Saúde — alerta que o suicídio é a terceira causa de mortes de jovens brasileiros entre 15 e 29 anos.

No Brasil, cerca de 12 mil pessoas tiram a própria vida por ano, quase 6% da população. No mundo, são cerca de 800 mil suicídios anuais. O Brasil só perde para os EUA.

O fanatismo e agressividade se manifestam livremente em todos os lugares, a falta de espiritualidade é flagrante.

Embora ainda existam nichos resistentes a estes comportamentos lamentáveis, temos a impressão que uma avalanche derruba e arrasta todos os seres humanos, jovens e idosos, que tentam resistir a estas mudanças.

É necessária urgentemente uma reflexão sobre a natureza humana, sobre o espírito humano e sobre a vida.

 

A Umbanda é um dos nichos sociais resistentes nesta sociedade desequilibrada e desorientada.

A Umbanda  pode contribuir muito para o retorno ao equilíbrio, com sua visão humanista, com valores como a caridade, a humildade e o respeito as tradições.

A felicidade encontrada nas coisas simples, em ser útil a todos que buscam ajuda nos Terreiros, Tendas e Templos Umbandistas.

O umbandista sabe que a busca da felicidade, tão almejada por muitos, não está no consumismo desenfreado e sim no amor que oferecemos aos semelhantes.

Um caminho simples, recheado de amor, simplicidade e humildade.

Um caminho espiritual dedicado em ser útil ao semelhante.

Umbandistas!

Vamos nos unir e quebrar estes laços negativos que as trevas utilizam para dominar os fracos de espírito.

 

Umbanda é a religião do terceiro milênio.

Os tempos chegaram!

São Vicente, 10/02/2021

Manoel Lopes

 

Artigo publicado na revista UMBANDA – 26 de Fevereiro/2021.

Fontes: http://www.saude.ba.gov.br/2020/09/10/oms-alerta-suicidio-e-a-3a-causa-de-morte-de-jovens-brasileiros-entre-15-e-29-anos/

Você pode gostar...

Deixe uma resposta