Revista Umbanda – Nº 37 de Janeiro/2022

Faça o download gratuito revista UMBANDA – Escola Iniciática do Caboclo Mata Verde nº 37, de Janeiro/2022.

CLIQUE AQUI PARA FAZER DOWNLOAD GRATUÍTO EM PDF

Se quiser ler online clique aqui

Devido a pandemia estamos pedindo a sua colaboração (de qualquer valor), para auxiliar na manutenção do Terreiro, agradecemos.
Se puder fazer uma doação entre em contato.
Agradecemos!

Revista 37 de Janeiro/2022

Estimados leitores,

Esta é a primeira revista do ano, e ela chega cheia de esperança neste novo ano regido por Oxalá e Omulu.

Estivemos pensando em alterar o nome da revista, dada à natureza do conteúdo que é divulgado por ela.

Pensamos em alterar o nome de UMBANDA para ARAPÉ, que é uma expressão muito utilizada aqui no Núcleo Mata Verde.

Arapé é uma palavra formada por Ara – Luz e apé – caminho, portanto Arapé significa O caminho da Luz.

Lembramos que Arapé é uma palavra de origem Tupy e no Núcleo Mata Verde é também é o nome de uma técnica de cura espiritual.

O significado de  o “caminho da luz”, é no sentido de o caminho da evolução, da transcendência, da evolução.

 Acreditamos que se identificaria bastante com o conteúdo que normalmente apresentamos aqui na revista, um conteúdo espiritualista, universalista, procurando focar na doutrina dos sete reinos sagrados.

Mas em sinal de respeito, optamos por esperar a manifestação dos leitores antes de fazermos qualquer alteração. Você é favor ou contra a mudança do nome da revista?

Sempre acreditamos em uma Umbanda aberta, que preserva a liberdade e respeita a diversidade, mas infelizmente ultimamente temos observado certo movimento rançoso, por algumas pessoas, querendo forçar uma desconstrução da origem da umbanda, num sentido de retornar a uma pureza doutrinária e étnica.

Infelizmente estes ruídos somente confundem os mais novos e muito pouco trazem em prol da umbanda e das religiões Afro-ameríndias.

Mas, por enquanto manteremos o nome da revista como UMBANDA, mas segundo estas pessoas o que apresentamos aqui na revista não seria Umbanda.

Neste número tratamos do amor, com o belíssimo texto Vejo Flores em Você da nossa querida Bete.

Carol fala sobre a Granada e sua relação com o primeiro reino sagrado, pura energia.

Sandro desvela os segredos da história da música umbandista.

E nosso querido amigo Ronaldo apresenta um texto para uma boa reflexão e nos brinda, neste início de ano, com um maravilhoso planejador (planner) exclusivo para os leitores da revista.

Desejamos uma boa leitura!

São Vicente, 11/01/2022

Manoel Lopes

Você pode gostar...